Minha Casa Minha Vida – Cadastro e Sorteios (Como Funciona)

Chega de pagar aluguel, morar de favor ou dividir apartamento com desconhecidos. Com o Minha Casa Minha Vida você pode conquistar sua independência e ter o próprio imóvel, basta fazer seu cadastro e participar do sorteios.

Milhares de pessoas em todo o país já foram beneficiadas pelo programa. As condições especiais do financiamento permitem que grupos de baixa renda tenham a oportunidade de adquirir um imóvel.

O programa foi criado em 2009 pelo Governo Federal e tem como objetivo diminuir o déficit habitacional. Além disso, por meio dele, pessoas em situação de vulnerabilidade econômica conseguem financiar a casa própria.

Dessa forma, as famílias com renda per capta de R$ 1.800,00 mensais recebem tratamento diferenciado. Como a procura pelo financiamento é alta, cadastros e sorteios definem quem são os contemplados.

Para que você entenda como funciona cadastro e sorteios Minha Casa Minha Vida, preparamos um guia para que você aproveite, adiante a documentação e possa também ser participante do programa.

Como funciona o cadastro e sorteios Minha Casa Minha Vida?

O programa Minha Casa Minha Vida atende vários perfis de famílias. Cada um é definido pela na renda mensal bruta e são levados em consideração no momento de cadastro e sorteio.

Dessa forma, o governo dividiu o perfil das famílias em 4 faixas. Sendo que apenas a faixa 1 participa do cadastro e sorteios Minha Casa Minha Vida.

Faixa 1

Para fazer parte desse grupo é necessário que as famílias tenham a renda mensal bruta de no máximo R$ 1800,00. Esse grupo é considerado de baixa renda e por isso tem condições diferenciadas:

  • O parcelamento pode ser feito em até 120 mensalidades.
  • O valor da mensalidade é fixado entre R$ 80,00 e R$ 270,00.
  • O imóvel adquirido é utilizado como garantia para o financiamento.
  • O cadastro é feito de forma diferenciada e a seleção ocorrer por meio de sorteios.

Faixa 1,5

Neste grupo estão as famílias com renda mensal bruta de até R$ 2.600,00. As taxas de juros para esse grupo são de 5% ao ano.

Os prazos para pagamentos dos financiamentos podem chegar até 30 anos e os subsídios atingem até R$ 47.500,00.

Faixa 2

Nesse grupo as famílias têm renda mensal máxima de até R$ 4.000,00. Os subsídios atingem até R$ 29.000,00.

Faixa 3

Famílias com renda mensal bruta de no máximo R$ 7.000,00 compõem essa faixa.

As faixas 1,5, 2 e 3 fazem a inscrição diretamente nas agências da Caixa Econômica ou correspondentes.

Como faço meu cadastro Minha Casa Minha Vida?

Agora que você sabe como são divididas as faixas. Já pensou em como vai organizar sua casa depois de sorteado? Saiba que existe um cartão exclusivo para participantes do Minha Casa Minha Vida, com ele você tem um crédito de até 5 mil reais.

Aqui vou explicar como os participantes da faixa 1 podem participar do cadastro Minha Casa Minha Vida.

Como a faixa 1 tem um recorte muito grande da população, é necessário um tipo diferente de inscrição. Isso acontece porque o número de pessoas dessa faixa é muito grande e nem todos conseguem ser contemplados.

Sorteio MCMV
Você também pode ser contemplado pelo Minha Casa Minha Vida

O cidadão faz seu cadastro Minha Casa Minha Vida na prefeitura de sua cidade, por isso é indicado entrar em contato com ela para saber o horário de atendimento.

Além disso, o interessado precisa estar atento para as datas de início e fim do prazo de inscrições.

É bom ficar de olho nas informações da prefeitura, porque quando abre as inscrições você consegue fazer tudo adiantado. Você pode providenciar os documentos dentro do prazo e aumentar as chances de ser contemplado no programa.

Após o período de inscrição é necessário aguardar os sorteios. Esse acontece para definir quem será contemplado pelo financiamento.

Ainda que seja uma forma de democratizar as moradias, o programa não consegue comportar todos. Assim, o sorteio tenta diminuir a desigualdade social e atender as famílias de maneira imparcial.

Todos participam dos sorteios?

Famílias que residem atualmente em lugares considerados insalubres, em áreas de risco ou que tenham membros com microcefalia são dispensadas do sorteio Minha Casa Minha Vida.

A participação no programa, nestes casos, é imediata, pois as condições dessas famílias são mais vulneráveis que os demais.

De acordo com dados do IBGE, só na Bahia são cerca de 80 mil famílias vivendo em casas de um só cômodo. Quando se analisa outros estados brasileiros o numero é ainda maior.

Para inverter essa estatística é preciso investir em infraestrutura e políticas habitacionais. O Minha Casa Minha Vida é, então, seu direito de ter a casa própria você e poder dar qualidade de vida para sua família.

A gente sabe que os valores de gastos com aluguel causam grande impacto no orçamento familiar. Porém ao ser contemplado, você e sua família estará pagando pelo que é seu e investindo em seu futuro.

É a chance que trabalhadores, mães solteiras, idosos e outras pessoas esperavam para começar uma nova vida.

Minha Casa Minha Vida: Como participo do cadastro e sorteios?

Assim que seu cadastro for aprovado, você já pode participar do sorteio Minha Casa Minha Vida. Após confirmada a aprovação os demais processos acontecem automaticamente. Resta então apenas aguardar.

Reitero que são as prefeituras que divulgam as datas de inscrição e sorteios, então fique de olho e entre sempre em contato para não perder a data. Espero que você seja o sortudo da vez!

Depois disso é só aguardar pela posse da casa que é oficializada com a entrega da chave.

Infelizmente, acontece de famílias se cadastrarem todos os anos e não serem sorteadas. Isso porque a procura pelo financiamento é muito grande.

De qualquer forma, esta procura denuncia o enorme número de pessoas sem casa e serve como parâmetro para outros projetos sociais habitacionais.

Mas não podemos negar que o cadastro e sorteio Minha Casa Minha Vida já auxiliou milhares de brasileiros. Sem falar que atualmente se mantém como um dos mais populares programas existentes no Brasil.

Quais as principais condições para a contratação do programa?

Assinar contrato minha casa minha vida
O cadastro Minha Casa Minha Vida é feito nas prefeituras

Muitas cidades já possuem os residenciais Minha Casa Minha Vida. E muitos outros estão sendo criados. Então, não desista do sonho da casa própria!

Lembre-se que para que para passar no cadastro e para a fase dos sorteios existem alguns requisitos:

  • O valor total da parcela não pode ser maior que 30% do rendimento familiar bruto mensal. Isso serve para evitar o endividamento das famílias.
  • A renda bruta familiar não pode ultrapassar o valor de R$ 1.800.00 mensais.
  • O imóvel adquirido deverá ser utilizado somente com fim residencial.
  • A apresentação de documentos pessoais e comprovantes de rendimentos são indispensáveis.

Ao apresentar essas informações, finalizar o cadastro e após constatação de que todas as regras estão sendo seguidas, você será encaminhado para o sorteio Minha Casa minha Vida.

As residências geralmente possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro. As ruas são devidamente pavimentadas e em bom estado de conservação.

Ao receber a chave da nova moradia, por meio do programa Minha Casa Minha Vida, as famílias tem a oportunidade de iniciarem uma vida com mais qualidade, conforto e reais oportunidades.

Comente com a gente o que você acha do programa.

Compartilhar é se importar!

19 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo